em 2

Atrações turísticas de Goiânia

#Índice:

 

Galerias de Arte

 

Era uma vez Galeria de Arte

Endereço: Avenida T-9, nº 382, Setor Marista.

Telefone: 62 3241-3898.

 

Fundação Jaime Câmara

Fundação Jaime Câmara

Fundação Jaime Câmara

A Fundação Jaime Câmara, instituição fundacional de caráter privado e sem fins lucrativos teve seu início oficial em 27 de março de 1995, no município de Goiânia – Goiás, cumprindo os objetivos traçados por seus instituidores de promover os direitos elementares de cidadania através de programas nas áreas de cultura, educação, saúde, e desenvolvimento social.

A missão principal desta fundação é a de mobilizar pessoas e comunidades, de redes sociais e parcerias, para a criação e desenvolvimento de iniciativas (educacionais, culturais, ambientais, sociais e de saúde) que contribuam para a melhoria da qualidade de vida da população.

 

Projetos:

Concertos em Série

Projeto de apresentação musical que visa divulgar principalmente música erudita e/ou clássica da produção local, nacional e internacional.

Desde o ano de 1997 são realizados em 10 edições mensais dentro do ano, com entrada franca ao público em geral, sendo realizados a cada última quarta-feira de cada mês, com vistas a divulgar a música erudita e ou clássica da produção local, nacional e internacional, promovendo a difusão cultural pela formação de plateia.

Projeto Ação Ribeirinha

Este projeto é realizado anualmente no município de Aruanã, estado de Goiás, beneficiando gratuitamente á população menos favorecida desta região e adjacências com ações conjuntas nas áreas de saúde, cidadania, educação, meio-ambiente e lazer, oportunizando aos beneficiários a promoção ao resgate da cidadania.

O Ação Ribeirinha que acontece durante o período de uma semana, normalmente em agosto de cada ano, visa beneficiar gratuitamente, pessoas de classe social menos favoráveis da região de Aruanã independente de sexo ou idade.

Projeto Boa Visão

O Projeto Boa Visão, instituído e coordenado pela Fundação Jaime Câmara vem sendo executado desde 11 de novembro de 1995, tendo como objetivo central a correção visual e prevenção à cegueira.

O Projeto, mediante a celebração de Convênio de Cooperação Técnica Mútua com a Secretaria de Educação do Município de Goiânia e apoio técnico do CEROF-Centro de Referencia em Oftalmologia, beneficia à população carente pré-definida, independente da faixa etária, contribuindo diretamente para a melhoria do desempenho desses no seu dia-a-dia.

O Projeto Boa Visão, conta com uma unidade volante com (02) dois consultórios oftalmológicos totalmente equipados com lâmpadas de fenda, auto refrator, colunas pantográficas, cadeiras e mesas elétricas, lensômetro, dentre outros equipamentos de qualidade para o melhor atendimento aos pacientes assistidos pelo Projeto.

Objetivos: Realização de exames médicos oftalmológicos, assegurando aos pacientes atendidos o aviamento do receituário dos óculos prescritos, e a indicação de tratamento das doenças oculares detectadas, visando a correção visual e prevenção a cegueira.

Área de abrangência: O Projeto atende a uma área pré-determinada de acordo com o convênio firmado. Em Goiânia através de Convênio de Cooperação Mútua firmado com o Município de Goiânia , através da Secretaria Municipal de Educação, o Projeto Boa Visão atende à todos os alunos da rede municipal de ensino.

Metodologia de trabalho: O processo de atendimento do Projeto Boa Visão, ao público pré-determinado, é composto de cinco fases distintas:

  • 1ª etapa – Orientação e Triagem
  • 2ª etapa – Exames Médico-Oftalmológicos
  • 3ª etapa – Exames Complementares
  • 4ª etapa – Entrega dos Óculos
  • 5ª etapa – Tratamento Clínico ou Cirúrgico
Projeto Arte Educação

O Arte Educação é um projeto desenvolvido desde o ano 2000 pela Fundação Jaime Câmara em parceria com as Secretaria de Estado da Educação, Secretaria de Educação do Município de Goiânia e Arquidiocese de Goiânia.

É um Projeto de complementação ao ensino formal que oferece oficinas artísticas, pedagógicas e esportivas buscando desenvolver habilidades e competências nas crianças e adolescentes beneficiados com vistas a melhorar o seu desempenho escolar e convívio sócio-afetivo.

Público beneficiário e faixa etária: 1.000 (um mil) crianças e adolescentes de ambos os sexos matriculadas na Rede Pública de Ensino, com idades entre 6 e 14 anos de idade.

Estrutura física: O Projeto é desenvolvido em 4 (quatro) núcleos de atividades, localizados em bairros menos favorecidos economicamente do município de Goiânia, cada um com capacidade de atendimento para até 250 alunos/ano.

O Projeto consiste na realização de oficinas interdisciplinares de atividades artísticas esportivas e pedagógicas e conta ainda com atividades complementares de acompanhamento pedagógico, atividades externas aos núcleos para promoção de difusão cultural (museus, espetáculos cênicos, etc.), e atividades de convívio social onde os familiares também são beneficiados, sendo aberto à demanda da comunidade local das áreas próximas aos núcleos de atividades.

Projetos Especiais Arte Educação

São os projetos que prioritariamente, visam aprimorar e dar continuidade na formação da criança ingressa no Projeto Arte Educação, bem como de crianças oriundas da rede Pública de Ensino.

Projeto Arte em Cena

O Projeto Arte em Cena, desenvolvido pela Fundação Jaime Câmara desde 2007, foi criado para dar oportunidade aos jovens talentos com 14 jovens com idades superior a 14 anos, oriundos do Projeto Arte Educação, e também a jovens oriundos da Rede Pública de Ensino que tinham aptidão para as artes cênicas.

O Projeto desenvolvido no espaço da Fundação, consiste no constante trabalho de aperfeiçoamento das técnicas teatrais e estruturais de montagem de espetáulo, onde as peças desenvolvidas visam não somente beneficiar os alunos através da profissionalização destes nas diversas áreas das artes cênicas, como também a popularização da cultura teatral através da apresentação de espetáculos públicos gratuitos à população.

O Grupo de Teatro Arte Educação, como são denominados, estrearam publicamente em 2008 com peça “ROMEU E JULIETA”, sob direção do Diretor Teatral Samuel Baldani, valorizando a cultura regional através da utilização dos aspectos populares do dramaturgo inglês Willian Shakespeare mesclados ao folclore regional, com traços dessas manifestações na música, no cenário, nos figurinos na atuação e gestos dos personagens.

Projeto Corpo de Baile e Vozes

O Projeto Corpo de Baile e Vozes da Fundação Jaime Câmara, iniciado no ano de 2009, consiste em oficinas de formação técnica e estética de dança (balé classico e contemporâneo) e música (coral de vozes), disponibilizadas a 80 (oitenta) crianças e adolescentes com idades de 8 a 14 anos, oriundos prioritariamente do Projeto Arte Educação, e também de estudantes matriculados na Rede Pública de Ensino.

O Projeto é supervisionado e coordenado pela Fundação Jaime Câmara e a equipe de produção/execução do Projeto compreende profissionais notórios das áreas de dança e música, além de profissionais técnicos envolvidos na fase de desenvolvimento das oficinas.

As aulas são realizadas em espaço adequado na sede da Fundação Jaime Câmara e as oficinas de dança e canto coral desenvolvidas em dias alternados durante os períodos matutino e vespertino promovendo assim a freqüência dos alunos no contra-turno do ensino regular.

Vozes do Tambor

O Projeto Vozes do Tambor, é um projeto especial criado em 2011 pela Fundação Jaime Câmara desenvolvido com o Ministério da Cultura, que se define em oficina para técnica e estética de percussão, beneficiando gratuitamente a 30 crianças com idades de 8 a 14 anos oriundos do Projeto Arte Educação e da Rede Pública de Ensino, com vistas à formação de um Bloco de Percussão, tendo todo o processo registrado em DVD como vídeo-aula.

As aulas são desenvolvidas sob orientação do professor Rodrigo Martins de Melo “Kaverna” no espaço do Anfiteatro na sede da Fundação Jaime Câmara, onde são trabalhados o resgate de manifestações rítmicas da arte da percussão de acordo com a cultura, do primitivo até a produção contemporânea, promovendo formas de expressão, comunicação e criatividade.

Paralelamente à formação do Bloco de Percussão, o Projeto foi todo registrado em DVD, por meio de videogravação, além de documentário com entrevistas individuais e coletivas com os participantes diretos e indiretos para fins de análise e identificação das características psicológicas que envolvem o fazer musical dentro de uma perspectiva progressiva de intersecção do singular e do coletivo num processo de resgatar o passado sócio cultural, criando novas perspectivas de futuro dos sujeitos.

Vem ser um Talento

O Projeto Vem ser um Talento, é um projeto especial criado pela Fundação Jaime Câmara em 2011 com o Ministério da Cultura, com vistas ao desenvolvimento de oficinas de artes plásticas em Ateliês montados nos Núcleos de atividades do Projeto Arte Educação.

O Projeto veio disponibilizar gratuitamente a 60 crianças com idades de 6 a 14 anos no contra-turno escolar, oficinas de artes, estimulando a criatividade, o pensamento critico, a disciplina e o desenvolvimento de uma identidade cultural própria de cada participante, além de estimular o desenvolvimentos de competência e de habilidades artísticas para novos talentos emergentes.

O Projeto supervisionado pela Fundação Jaime Câmara foi coordenado pelo artista goiano Antônio Rodrigues da Mata Neto. As oficinas de artes plásticas foram ministradas por artistas plásticos renomados dentro do estado de Goiás, que trabalharam os beneficiários buscando desenvolver habilidades de cada novo talendo que participarão de todas as oficinas.

Oficina de desenho da observação – Introdução geral ao desenho de observação a partir da discussão de exemplos da história da arte, desenvolvimento de propostas que visam a experimentação por parte dos alunos de técnicas de desenho, compreendendo, através da prática, noções básicas do desenho de observação.

Oficinas de Pintura – Através de propostas de exercícios práticos, discussão sobre a linguagem da pintura. Técnicas, materiais e suportes. Composição e relações cromáticas da pintura em tela.

Oficina de escutura – Iniciação à arte do barro. Imagens artísticas feitas a partir da arte cerâmica. Conceitos como cerâmica utilitária e cerâmica artística. Técnicas de modelação manual. A presença da escultura na arte contemporânea.

Objeto do Projeto: Oficinas de artes plásticas (escultura em argila, desenho e pintura) ministradas por artistas goianos renomados.

Beneficiários – 60 crianças de 6 a 14 anos, oriundos do Projeto Arte Educação e comunidade estudantil da Rede Pública de Ensino.

Endereço: Rua Thomás Edson, Qd.07, nº 400, Bloco B, Piso II, Ala B, Setor Serrinha

Telefone/Fax: (062) 3250-1444

Mapa Alternativo: wikimapia.org/147542/pt/Organiza%C3%A7%C3%A3o-Jaime-C%C3%A2mara

Fonte: Fundação Jaime Câmara

 

Jaó Galeria de Arte

Endereço: Avenida Quitandinha, nº 600, Setor Jaó.

Telefone: (62) 3204-2021.

Mapa Alternativo: wikimapia.org/494381/pt/Clube-Ja%C3%B3

 

Marina Potrich Galeria de Arte

Marina Potrich Galeria de Arte

Marina Potrich Galeria de Arte

Endereço: Rua 52, nº 689, Jardim Goiás.

Telefones: (62) 3945-0450 / 3945-0451

Site: potrichgaleria.com

Mapa Alternativo: wikimapia.org/13236570/pt/Galeria-Potrich

 

Multiarte Galeria

Endereço: Rua 9, nº 1.855, St. Marista, Shopping Bougainville

Telefone: (62) 3245-1539.

Mapa Alternativo: wikimapia.org/147432/pt/Shopping-Bouganville

 

Casa de Cultura Noé Luis da Mota (Catedral das Artes – Instituto Noé Luiz da Mota)

Casa de Cultura Noé Luis da Mota (Catedral das Artes – Instituto Noé Luiz da Mota)

Casa de Cultura Noé Luis da Mota (Catedral das Artes – Instituto Noé Luiz da Mota)

A Catedral das Artes é uma Organização Não Governamental, sem fins econômicos, criada sob a égide da Lei 9.790/99 e atua na promoção, pesquisa e divulgação sócio-cultural e educativa das manifestações artísticas e defesa do meio ambiente. Construída pelo Artista Plástico Noé Luís da Mota desde julho de 1988 Inspirada nas formas orgânicas do cerrado goiano, a Catedral das Artes está localizada em Goiânia GO, a 500m do aeroporto e a 3 km da estação rodoviária, facilitando a localização e o acesso às suas dependências.

Atuando desde 1991 a Catedral das Artes busca atender demandas existentes na produção artística e cultural do Centro-Oeste e do território nacional, tendo como prioridade o objetivo de criar, elaborar, implementar e dirigir projetos culturais, artísticos e sócio-ambientais, mantendo perfeita consonância com os interesses da comunidade que representa, além de uma interação harmoniosa com as demais Ong’s.

A Catedral das Artes possui espaço para exposições, biblioteca, sala de projeções, sala de leitura e uma área externa preparada para ser utilizada por grandes obras.

É da competência da Catedral das Artes: a. Facilitar e promover exposições e eventos de artes plásticas; b. Estimular pesquisas; c. Produzir catálogos, livros, revistas, vídeos, filmes e outros; d. Estimular parcerias; e. Construir a consciência ecológica; f. Promover a educação artística e ambiental; g. Promover projetos de preservação, conservação e recuperação do patrimônio cultural e artístico; h. Divulgar a cultura popular na feira permanente de produtos do cerrado.

Poderão se cadastrar pessoas de todo território nacional na categoria de associado mantenedor, mediante as orientações da Catedral das Artes através do email .

Endereço: Avenida Campo Verde esquina com Rua Serra Dourada, Setor Santa Genoveva.

Telefone: (62) 3264-1304.

Site: catedraldasartes.arteblog.com.br

Mapa Alternativo: wikimapia.org/25726476/pt/Casa-de-Cultura-No%C3%A9-Luis-da-Mota

Fonte: Catedral das Artes

 

Páginas: 1 2 3 4

2 Comentários para “Atrações turísticas de Goiânia”

  1. ELIARA disse:

    Ei, parabéns pelo resumão sobre a nossa capital, muito informativo!
    A sociedade goianiense agradece!

  2. Sara Mynai disse:

    Um dos poucos sites com conteúdo completo sobre locais culturais de uma cidade, parabéns!

Comente!