em 18 outubro 2011 01:28 pm 14

Convite Para Assembléia Geral Extraordinária – 27 de outubro de 2011

O Sindicato dos Empregados em Edifícios de Goiânia, Goiás – SEEG, situado à 9ª Avenida, n.º 671, Setor Leste Vila Nova, Goiânia, Goiás, por via de Presidente CONVOCA E CONVIDA A TODOS OS EMPREGADOS de condomínios e Edifícios verticais e horizontais de Goiânia- GO, sindicalizados ou não para participarem da ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, a ser realizada na sede do sindicato no dia 27 de outubro de 2011 com início previsto para às 19h00 em 1ª convocação, e 2ª convocação às 19h30, com a seguinte finalidade:

  1. Promover discussão e propostas para a negociação coletiva (Convenção Coletiva de Trabalho) dos empregados de Condomínios e Edifícios de Goiânia-GO, referente ao período de 1º de janeiro de 2012 a 31 de dezembro de 2012;
  2. Deliberação sobre a previsão orçamentária de 2012, nos termos do artigo 11º do Estatuto Social;
  3. Alteração do Estatuto Social, com relação ao prazo do Mandato da Diretoria;
  4. Deliberação sobre a extinção do horário 12 x 36 nos condomínios Residenciais, comerciais, verticais e horizontais; e
  5. Outros assuntos de interesse da categoria.



Goiânia, 14 de outubro de 2011.

 

PAULO ROBERTO ALVES DA SILVA
PRESIDENTE DO SEEG

Trabalhando ao seu lado

Arquivado em Editais

14 Comentários para “Convite Para Assembléia Geral Extraordinária – 27 de outubro de 2011”

  1. cicero reis disse:

    SENHORES SE O HORARIO 12 / 36 FOR ESTINTO QUEM VAI PAGAR MINHAS CONTAS NOS PROXIMOS 42 VESES

    SE EU TRABALHAR 8:00 MEU SALARIO VAI SER 560,00 – INSS , TRASPORTE

    NAO VAI SOBRAR NEM PARA AS DISPESAS DA CASA POR ISSO
    PESSO QUE DECIDAM COM CUIDADO

    EM VAZ DE AJUDAR A CATEGORIA VCS PODEM DESTRUIR MUITOS E MUITOS LARES

    NA QUESTAO FINANCEIRA E CLARO

    OBRIGADO.

    • SEEG disse:

      Bom dia Cicero e obrigado por participar.

      Em primeiro lugar, o Sindicato NÃO tem interesse de ACABAR com o horário 12×36, o que está acontecendo é que os próprios funcionários de condomínios estão entrando na justiça para revindicar o intervalo para almoço e descanso que já está sendo pago através da Cesta Básica de R$ 110,00 hoje, ou seja, os próprios funcionários de condomínios é que estão acabando com o horário de 12×36, a Justiça Trabalhista já intimou o Sindicato para esclarecer essa situação, e se os processos trabalhistas não pararem a própria Justiça do Trabalho vai tomar uma providência, ai é que esta o problema, não sabemos o que pode acontecer. Se a Justiça decidir pelo intervalo os funcionários não vão mais fazer as horas extras, se a Justiça resolver acabar com o horário de 12×36 o Sindicato não pode ir contra a decisão da Justiça, por isso é que estamos convocando toda a categoria para comparecer à sede do Sindicato dia 27/10/2011 as 19h00 para discutirmos sobre esse assunto e queremos ouvir vocês para começar a negociar a Convenção Coletiva de Trabalho de 2011 junto ao SECOVI.

      Att,
      Sindicato dos Empregados em Edifícios de Goiânia

  2. cicero reis disse:

    SE DEUS ABENÇOAR ESTAREI NA REUNIAO NO DIA 27

    OBRIGADO.

    PARABENS PELA ADMINISTRAÇAO

  3. Mariana disse:

    Boa tarde!

    Gostaria muito de saber se existe uma nova lei que exige que no condomínio seja incluso o Plano de saúde para os funcionários do edifício.

    Aguardo retorno

    Obrigada

    • SEEG disse:

      Boa tarde e obrigado por participar.

      Em nossa C.C.T. de 2011 tem o secovi-med, onde os condominios devem cadastrar os funcionários para que eles recebam uma ajuda assistencial médica (não é plano de saúde), uma outra alternativa e repassar o valor de R$ 30,00 (trinta reais) todos os meses para cada funcionário, isto se o condomínio não estiver pagando o secovi-med.

      Att,
      Sindicato dos Empregados em Edifícios de Goiânia

  4. lourisvaldo disse:

    bom dia,o sindicato tem que descidir cobrar ou nao cobrar esa taxa assistecial,isso foi muito mau planejado,ese negocio de descotar em folha e depois quem nao concordar em pagar ir pegar o dinheiro de volta no sindicato,tudo errado,pense bem ates de planejar ese timpo de combrasa………

    • SEEG disse:

      Bom dia e obrigado por participar.

      Todo o sindicato trabalha desta forma, é descontado a taxa assistencial e o funcionário tem o direito de oposição da taxa, ou seja, o funcionário que decide se vai cooperar com o sindicato ou não.

      Quando acontece a devolução do dinheiro da taxas assistencial, o sindicato fica fraco junto ao sindicato patronal (secovi) que é o sindicato do seu patão, quando acontece a devolução do dinheiro o síndico acha bom demais, é quando não conseguimos fechar um bom salário e nem colocar benefícios na convenção. O que é benefício para você é despesa para os moradores, por isso que os síndicos ate incentivam os funcionários a procurar o sindicato para pegar o dinheiro, eles acham bom porque o sindicato fica fraco, não tem poder de negociação.

  5. cosme disse:

    comentei ontem aki, trabalho em um condominio , e asinaram minha carteira depois de 7 meses… gostaria de saber se tenho e o que tenho direito de receber….

    • SEEG disse:

      Boa tarde e obrigado por participar.

      Se o condominio não te pagou, você tem o direito dos depositos de fgts do periodo. Alem do 13º e Férias + 1/3, isso se o condominio não tiver paga, caso o contrario so o fgts.

      Att.
      Washington Luiz

  6. edson gandarela disse:

    OS FUNCIONÁRIOS DO RESIDENCIAL AMAURY MENEZES, RUA NOVE,326 SETOR OESTE, NÃO TEM O SECOVI-ME.DA, NÃO TEM NENHUM TIPO DE ASS. MÉDICA, E NEM TEM REEMBOLSO DOS R$ 30,00,.

    SE FOI DISCUTIDO, APROVADO E ASSINADO PELAS PARTES, PORQUE O CONDOMINIO NÃO PAGA, O PESSOAL DA CONTABILIDADE, PAULA&COELHO ESTAVAM PRESENTES NA CONVENÇÃO.

    PELO ANDAR DA CARRUAGEM, CHEGARÁ O DIA QUE OS PORTEIROS VAO TENTAR SOBREVIVER SÓMENTE COM SALÁRIO MINIMO E MAIS NADA, AOS POUCOS O SECOVI VAI ENGOLIR O SEEG.

    PESSOAL… VAMOS TRABALHAR…..

    • SEEG disse:

      Boa tarde e obrigado por participar.

      Se o condomínio não esta fazendo o pagamento junto ao SECOVI ou outra instituição de assistência médica proporcional e também não esta fazendo o repasse para os funcionários do condomínio, o que pode ser feito é entrar em contato com o condomínio e pedir para efetuar a adesão em algum desses planos citados acima, caso isso não ocorra, os funcionários podem mover ação trabalhista alegando descumprimento da convenção de trabalho.

  7. wanderley disse:

    boa tarde!

    gostaria de saber, o porque da redução do valor do vale alimentação de 110,00 reais para 60,00 já que somos uma categoria com a media de salário mais defasada do mercado de trabalho,até quando teremos que nos contentar com essa injustiça,

    obrigado!
    aguardo resposta!

    • SEEG disse:

      Boa tarde e obrigado por participar.

      O vale-cesta sofreu uma redução para 60,00, porem os condomínios são obrigados a pagar a hora de intervalo para quem trabalho no revezamento 12×36 que vai gerar em torno de 90,00, ou seja, ate o ano passado você tinha um vale-cesta de 110,00, hoje você pode contar com um vale-cesta de 60,00 + 90,00 = 150,00 um ganho de 40,00, sem contar que isso ira refletir em seu FGTS, FÉRIAS + 1/3, 13º SALÁRIO E RESCISÃO DE CONTRATO, coisa que não acontece com a cesta.

Comente em SEEG