em 18 outubro 2010 10:55 am 0

Mulheres atentas aos serviços oferecidos pelo SEEG

Natural de Cocos, na Bahia, Rosana da Paixão Santos veio para Goiânia há sete anos. Após trabalhar um mês durante as férias de uma funcionária ela foi efetivada como faxineira no condomínio Portal D’Oeste, onde se encontra até hoje, mas todas as suas férias volta à terra natal.

Ela não se associou ao sindicato imediatamente, mas nesse último ano pode constatar algumas das vantagens de ser associada, pois utilizou os serviços odontológicos. Rosana conta que foram mais de quatro consultas, nas quais fez limpeza e restauração. Ela lembra ainda que foi fácil para marcar e que o atendimento é bom.

Já Lucimar Mendes Cruz trabalha há 13 anos no condomínio Dom Felipe, onde também é faxineira e, assim como Rosana, limpa as partes em comum dos prédios, como escadas, quadras, corredores entre outros. Por sua vez Lucimar, que antes era doméstica, se associou desde que começou nesse trabalho.

Ela votou nas últimas eleições e sempre que pode participa das reuniões no SEEG e conta que essa nova gestão é mais ativa. Sua filha também foi atendida pelo dentista do sindicato. “Essa questão do atendimento aos dependentes é muito boa”, afirmou Lucimar, que se mostrou igualmente satisfeita com o atendimento.

As duas entrevistadas dessa edição não se conhecem, mas tem alguns pontos em comum. Ambas são faxineiras e associadas ao sindicato, e direta ou indiretamente (através de dependente), puderam utilizar um dos serviços oferecidos pelo SEEG e o aprovaram. Além disso, são mulheres e buscam sempre o melhor para si e sua família.

Rosana Santos (acima) e Lucimar Mende. (embaixo)

Arquivado em Entrevistas

Comente!