em 04 janeiro 2010 12:10 am 0

Sempre presente



O zelador Antônio de Almeida sempre presente nas atividades do sindicato.


Zelador do Condomínio Residencial Serra Dourada, há 18 anos, Antônio Ferreira de Almeida diz ser feliz com seu trabalho. Ele, que começou no emprego em 1991, revela que no início não foi fácil devido às várias tarefas que precisava desempenhar e por que o condomínio estava sendo inaugurado. Com um mês de trabalho Antônio, que antes trabalhava como vendedor, pensou em desistir.

Entre as diversas funções do zelador está a coordenação dos serviços de portaria e limpeza, cuidar das correspondências, realizar tarefas bancárias, auxilio ao síndico, entre outras. Desde meados do mês de outubro, Antônio deixou de trabalhar todos os dias, com folgas aos finais de semana, e passou a atuar em dias alternados. Ele explica que esse novo método é melhor para todos e o condomínio não fica desamparado dia nenhum.

Associado desde de 1992, Antônio acha que é importantíssimo estar ligado ao SEEG. “Funcionário sindicalizado tem benefícios e ajuda a fortalecer o sindicato”, ressalta ele. Sempre presente o zelador conta que acompanhou o último processo eleitoral e que é notável as mudanças que a nova gestão realizou. “A administração anterior deixou dívidas e chegou ao limite de ter apenas 57 associados”, relembra.

Antônio, que já fez cursos em outros locais, participou desse primeiro Curso de Qualificação de Porteiros e Zeladores oferecido no em novembro. Ele explica que, além do curso ser gratuito, os professores eram excelentes. O zelador observa que sempre se tem algo a aprender sobre as funções e que gostou muito da oficina: “A parte de marketing pessoal foi muito importante e algo novo que aprendi” diz ele.

O zelador conta ter feito novas amizades no curso, pois não conhecia a maioria dos participantes, e também na confraternização de natal realizada no final do ano. Nesse encontro, ele relembra a participação no amigo secreto e explica que foi uma oportunidade de conhecer novos associados. Assim, Antônio busca estar sempre em contato com o que acontece no SEEG, e também, manter o bom relacionamento que possui com os funcionários e moradores do condomínio em que trabalha.

Arquivado em Entrevistas

Comente!