em 04 janeiro 2010 02:12 am 14

Mudanças em curso

Após eleição SEEG procura recuperar tempo perdido


O Sindicato dos Empregados em Edifícios de Goiânia (SEEG) teve sua eleição para a presidência realizada em agosto. Duas chapas concorreram: Renovação e Trabalho, da gestão em exercício, e a Oposição. A primeira recebeu 106 votos contra 157 da segunda chapa, totalizando 263 votos. Dessa forma, a chapa vencedora ganhou de uma gestão que estava administrando há 22 anos.

Representada pelo presidente Paulo Roberto Alves e pelo vice Jeová de Lima, a nova administração, em apenas quatro meses, conseguiu regularizar o orçamento e já implementou uma série de mudanças. A primeira delas foi o horário de funcionamento, agora de 8 às 18 horas, sendo também permitido aos visitantes a entrada, normalmente, até a recepção do sindicado, como em qualquer lugar.

Além do atendimento médico, o qual já havia, foi reativado em outubro o serviço odontológico básico, gratuito para os sindicalizados e com descontos para os dependentes. Houve ainda a disponibilização de atendimento jurídico, que ocorre pelas manhãs.

A nova The Ultra Pure Synthetic Urine fast detox kit 4oz Size is premixed laboratory urine designed to protect your privacy during a urinary drug test. gestão retomou a obra do auditório, parada há cinco anos. Seu término está previsto para o primeiro semestre do ano que vem, quando poderá ser utilizado para cursos, reuniões, palestras e outros eventos. O novo presidente, junto com o assessor jurídico, o advogado Cláudio Mariano, começaram a fazer visitas aos condomínios para estar mais próximo da situação de cada trabalhador.

De 9 a 20 de novembro, foi realizado o primeiro Curso de Qualificação de Porteiros e Zeladores, para os associados de cada categoria, em atividade ou não. Ministrado em dias alternados, em um total de 25 horas, o curso contou com 27 participantes que receberam um certificado ao final. Para o mês de fevereiro já está prevista a realização do curso para porteiros, zeladores e camareiras.

No mês de novembro, 24 a 28, aconteceu também o VIII Congresso Nacional de Dirigentes Sindicais e Representantes dos Trabalhadores em Edifícios e Condomínios do Brasil, realizado em Maceió e organizado pela Federação Nacional dos Trabalhadores em Edifícios e Condomínios (Fenatec). O presidente do SEEG e o assessor jurídico, foram ao congresso em busca do apoio da Federação para o sindicato.

Para encerrar o ano, foi feita uma confraternização no SEEG. Cerca de 50 pessoas, entre funcionários, sindicalizados e familiares estiveram presentes. Durante o encontro ocorreu também um amigo secreto, cada um levou um presente que foi entregue a pessoa que era sorteada na hora, em uma forma de proporcionar maior integração entre todos.

Dessa maneira, a nova gestão do SEEG procura manter uma administração organizada, baseada em um trabalho sério, divulgando os resultados, empenhada em atender bem o trabalhador, mostrando seus deveres e respeitando seus direitos, para que assim, benefícios e novas conquistas sejam alcançados para a categoria.

Arquivado em Notícias

14 Comentários para “Mudanças em curso”

  1. EDSON GANDARELA DOS SANTOS disse:

    Prezados Senhores, gostaria que me informassem, qual percentual proposto para aumento de salario da categoria e a quantas andas a negociação com a classe patronal, para 2010

    Neste ensejo, quero congratular a eleição do novo Presidente, desejando-a muito sucesso em suas realizações.

    Trabalho de porteiro noturno no Res. Amaury Menezes, tenho planos, ainda em estudos de me canditatar a vereador pelo PSDB do qual sou filiado, caso venha concretizar este plano e se eleito, minha campanha será calcada em torno de todas necessidades para obtenção de conquistas da classe trabalhadora da qual pertenço.

    Gostaria tambem de ser informado, quais os beneficios que podemos usufruir, já implantados e quais ainda em estudo que o Sindicado oferece aos seus filiados.

    Fui informado que futuramente o Sindicato vai criar um informativo ou jornalzinho, caso afirmativo, me coloco a inteira disposição para colaborar, uma vez que eu escrevo textos, poesias acrósticos, crio frase etc.

    abraços,

    Edson Gandarela

  2. Paulo Roberto disse:

    Olá Edson,

    Ainda não recebemos resposta da nossa proposta de reajuste. A negociação está bem adiantada, dia 23 de fevereiro devemos fechar a nova Convenção com os salários e benefícios. Tão breve estaremos publicando em nosso site detalhes das negociações e da Convenção. Novos benefícios estão por vir!

    Agradeço pelas boas palavras. Contamos com os associados para evoluirmos juntos!

    Os benefícios oferecidos aos associados, podem ser encontrados na página http://seeg-go.com.br/beneficios/

    Desde minha posse, desejei informar aos funcionários de condomínios os acontecimentos de nosso Sindicato e a maneira mais prática de chegarmos a cada um, é atravéz do Jornal.
    A primeira edição já está em fase de conclusão e logo entrará em circulação, disponibilizaremos também sua versão online.

    Att,
    Paulo Roberto Alves da Silva
    Presidente SEEG

  3. renato disse:

    estou presizando saber qua e o salario de um porteiro aqui em goiania pois trabalho em um edificio em luziania e estou recebendo um que estou achando baixo para um porteiro diurno que trabalha na escala de 36*12

  4. Paulo Roberto disse:

    Olá Renato,

    Em 2009 o salário de um Porteiro era R$ 490,00.
    Após o reajuste do Salário Mínimo para R$ 510,00 ainda não houve negociação para a Convenção do Salário dos funcionários de condomínios.
    Dia 23 de fevereiro será fechado a nova Convenção com os valores dos vencimentos da categoria para este ano de 2010.
    Se conforme planejado, em março estaremos disponibilizando a nova Convenção com os benefícios e reajustes salariais da nossa Categoria.

    Att,
    Paulo Roberto Alves da Silva
    Presidente SEEG

  5. sergio ernani disse:

    Primeiramente quero felicitá-los e desejar um bom mandato.
    Que este venha ao encontro das reais necessidade do trabalhador de condomínios.
    Em uma sociedade que prima pela exploração de seus trabalhadores, sei que é muito difícil, vencer as dificuldades, mas elas estão aí para serem superadas.
    Entendo que o trabalho de representante de qualquer segmento profissional requer que seus representados participem ativamente das reinvidicações, o que não costuma ser fácil, muitos trabalham em dois empregos o que dificulta.
    Garantir a informação e dar a estes condições de terem um mínimo de leitura entendo ser imprescindível. No emprego onde estou dois dos quatro porteiros tem dificuldades de leitura e escrita. Penso que um levantamento estatístico sobre está realidade seria interessante. Dar a estes a condição de estudar através, por exemplo do Projeto AJA-ESTENÇÃO, poderia ser um começo. A Prefeitura de Goiânia pode dar informações sobre isto. O telefone:3524.8956 ou 23 (Marcia, Claudia)
    Aproveitando o ensejo, gostaria de saber sobre o feriado trabalhado. Quem ganha este feriado a pessoa que começa trabalhado o feriado ou que termina este. Exemplo: dia 16 foi feriado de carnaval. Comecei a trabalhar no dia 15, as 18:00h até 06:00h do dia 16, tenho direito a este feriado? Ou só aquele que começou as 06:00h do dia 16?
    Sem mais obrigado pela atenção.
    Sergio

    Necessitamos de bons leitores e escritores em nossa sociedade, mas acima de tudo pessoas que cobrem seu direitos e avancem em defesa de novas conquistas.

  6. Paulo Roberto disse:

    Olá Sérgio,

    Em relação à formação do trabalho exercido pela Categoria, é meu ensejo proporcionar cursos de qualificação e aperfeiçoamento para que o trabalhador tenha conhecimento e valorização pelo empregador. Em breve estarei promovendo-o.
    Obrigado pelas informações a respeito da Prefeitura de Goiânia, informarei-me sobre.

    O Parágrafo Quarto da CCT diz:
    “Será considerado trabalho no feriado quando o funcionário iniciar a jornada no dia do feriado e não na saída em dia de feriado.”
    No seu exemplo, aquele que começou às 06h00 do dia 16 terá direito ao feriado.

    Att,
    Paulo Roberto Alves da Silva
    Presidente SEEG

  7. Deyvid disse:

    Olá bom dia,
    Estou trabalhando como porteiro aqui em Indaiatuba, sou goiano e espero estar voltando a cidade em breve assim que encontrar uma oportunidade de emprego. Aqui em Indaiatuba o salario de porteiro/controlador de acesso vai ser reajustado em 15% ou seja será de 728 reais, normalmente as empresas dao cesta basica de 50 reais e vale alimentacao diaria de 5 reais ou seja o porteiro aqui receberá em torno de mil reais mensais.
    A minha pergunta é o seguinte, em Goiânia, que tem um dos piores pisos salariais do país, um porteiro esta recebendo em media quanto?
    O meu retorno a Goiás se deve ao aluguel de Indaiatuba ser muito caro, basicamente o dobro do valor de um mesmo imovel em Goiania.
    Apesar do salario ser um pouco melhor creio que em Goiania eu ainda terei mais vantagens. Creio que no estado de São Paulo nao é mais legal nenhum turno de 12 horas alem de 12×36 e que ha uma lei pra ser passada que o porteiro receberá um adicional de periculosidade o que é bastante honesto.
    Em Goiânia poderia ser estabelecido pelo sindicato um direito de cesta basica tambem. Fica (am) a(s) sugestão (oes).

    • SEEG disse:

      Bom dia e obrigado por participar.

      Em Goiânia o salário é de R$ 644,00, cesta de R$ 60,00 dentro do horário de 12×36 com jornada de 180 horas mensais. A periculosidade dificilmente passará na Câmara dos Deputados porque não é uma profissão que cause risco de vida para a pessoa, esse tipo de decisão é de âmbito de lei nacional, esta longe do alcance de qualquer sindicato.

  8. jackson disse:

    Gostaria de saber qual e o salario pago hoje no estado de goias para os porteiros,e se tem algum beneficio a mais,como cesta basica ou cartâo alimentaçâo ou ale transporte e adicional nortuno.

  9. Paulo Roberto disse:

    Olá Jackson,

    O salário pago hoje, para os porteiros, no Estado de Goiás, de acordo com a CCT 2011 é de R$ 565,00. A cesta básica é no valor de R$ 110,00, o vale transporte tem desconto de 3% para os associados, o adicional noturno e, também, as horas extas.

    Att,
    Paulo Roberto
    Presidente do SEEG

  10. RONALDO disse:

    porque os porteiros não entra em greve para ter um salario melhor

    • SEEG disse:

      Bom dia e obrigado por participar.

      A função de porteiro não é uma função onde o empregador pode exigir um curso técnico ou superior, é diferente de um bancário ou de uma indústria.

      Att.
      Washington Luiz

  11. Amarili disse:

    boa tarde sr Paulo Roberto.
    eu sou porteiro de um condominio
    e recebo R$ 60,00 de vale alimentação isso esta certo ?

    • SEEG disse:

      Bom dia e obrigado por participar.

      Esta correto, hoje o porteiro recebe uma cesta no valor de R$ 60,00 por mês, no entanto os condomínio tem que pagar a hora extra-intrajornada onde elevou o renda em aproximadamente R$ 90,00.

      att.
      Washington Luiz

Comente!